Alejandro Aravena é o vencedor do Pritzker 2016 - SustentArqui

Rio de Janeiro 13/01/2016 | 17:21 - Por: Redação Sustentarqui

Alejandro Aravena é o vencedor do Pritzker 2016

Alejandro Aravena Prêmio Pritzker 2016

O arquiteto chileno Alejandro Aravena é o vencedor do Pritzker 2016, seu engajamento social, foi um fator determinante para esta conquista, seguindo uma tendência do prêmio a valorizar arquiteturas mais socialmente empenhadas e sustentáveis, como a de Shigeru Ban, que foi o vencedor em 2014.

Aos 48 anos o arquiteto, que também é o curador da Bienal de Arquitetura de Veneza deste ano , torna-se o 41° vencedor do Prêmio Pritzker, sendo o primeiro chileno a receber a honraria e o quarto da América Latina, depois de Luis Barragan (1980), Oscar Niemeyer (1988), e Paulo Mendes da Rocha (2006). A escolha foi anunciada hoje, dia 13.

“Alejandro Aravena sintetiza o renascimento de um arquiteto mais socialmente engajado[…]. Ele tem um profundo conhecimento tanto da arquitetura como da sociedade civil, algo que se reflete em seus escritos, seu ativismo e seus projetos. O papel do arquiteto está agora sendo desafiado a servir a necessidades sociais e humanitárias maiores, e Alejandro Aravena tem respondido a este desafio de modo claro, generoso e pleno”, diz a citação do júri.

Diretor executivo do estúdio Elemental, o arquiteto conhecido pelos seus projetos de habitação social revolucionários, onde os moradores são estimulados a ampliar e melhorar as suas casas por iniciativa própria, receberá o prêmio, no valor de cem mil dólares no próximo dia 4 de Abril, numa cerimônia que acontecerá no edifício das Nações Unidas, em Nova Iorque.

Alejandro Aravena

Em Iquique, Chile. Fotografia: Cristobal Palma

O escritório que tem como foco projetos de interesse público e com impacto social , já desenvolveu mais de 2.500 habitações sociais de baixo custo, além de projetos de espaços públicos, infraestruturas e sistemas de transportes.

Aravena em vez de trabalhar na zona de conforto, entra em campos desconhecidos. Como fez por exemplo no caso da reconstrução da cidade chilena de Constitución, que sofreu um terremoto de 8,8 graus na escala Richter seguido a um tsunami em 2010. Seu escritório consultou os cidadãos e propôs recuperar o espaço para proteger a cidade de futuros terremotos. Em vez de resistir com paredes, eles criaram um espaço público capaz de dissipar a energia sísmica com o atrito dos novos parques. Autores de regenerações urbanas, como o Parque Peri Calama, um bosque que rodeia a cidade de mineração para produzir sombra, duplicando o espaço verde e reduzindo a poeira do deserto e de emblemáticos edifícios universitários em sua maioria em Santiago, Austin (Texas) e Shanghai- que  combinam valor representativo com eficiência energética, sua maior contribuição está na sua capacidade em trabalhar com a escassez.

Alejandro Aravena escola de medicina

Escola de medicina da Universidade Católica do Chile Santiago. Fotografia: Roland Halbe

 

Tom Pritzker presidente da Fundação Hyatt, que patrocina o prêmio destacou as características sociais do trabalho do arquitecto chileno: “Oferece oportunidades aos menos privilegiados, mitiga os efeitos dos desastres naturais, reduz o consumo de energia e cria espaços públicos convidativos.” e mostra “que a arquitetura, no seu melhor, pode melhorar a vida das pessoas”.

Alejandro Aravena interior

Interior de uma casa em Iquique financiada com dinheiro público e, em baixo, o interior desenvolvido pelos moradores. Fotografia: Tadeusz Jalocha

 

Em resposta a ser nomeado como vencedor do prêmio, o arquiteto declarou:

“Olhando para trás, nos sentimos profundamente gratos. Realização não é individual. A arquitetura é uma disciplina coletiva. Então nós pensamos, com gratidão, em todas as pessoas que contribuíram para dar forma a uma enorme diversidade de forças em jogo. Olhando para o futuro prevemos Liberdade! O prestígio, o alcance, a seriedade do prêmio é tal que esperam usar seu impulso para explorar novos territórios, enfrentar novos desafios, e caminhar para novos domínios de ação. Depois de um tal pico, o caminho não está escrito. Assim, nosso plano, é não ter um plano, enfrentar o incerto, estar aberto para o inesperado. Finalmente, olhando para o presente, estamos apenas sobrecarregados, extasiados e felizes. É hora de celebrar e partilhar a nossa alegria com tantas pessoas quanto possível. “

 

Confira o vídeo com o anúncio do prêmio Pritzker 2016 para Alejandro Aravena:

 

 

Fonte: Pritzker

, , ,

Comments

Revitalização

Revitalização de área eleva praça no Porto

A revitalização da área que envolve o Passeio dos Clérigos e a elevação da praça de Lisboa, no meio da cidade do ...
blocos de vidro energia solar

Blocos de vidro que geram energia solar e se integram à edificação

Novas tecnologias que envolvem energia solar felizmente não param de aparece! Já falamos aqui de 10 exemplos ...
Móveis com materiais reciclados

Startup fabrica móveis com materiais reciclados

Startup liderada por Jamie Hall e Johann Boedecker fabrica móveis com materiais reciclados. A empresa trabalha no ...

Produtos Sustentáveis mais procurados

Tanque Coletor de Água de Chuva ( Cisterna Aparente )

Tanques para captação de água de chuva.

Ecofossa- sistema ecológico de tratamento de esgoto

Ecofossa é um sistema ecológico de tratamento de esgoto que maximiza ações de bactérias e não utiliza energia ...

Notícias mais acessadas

dicas para reaproveitar pallets

Dez dicas para reutilizar paletes de madeira

Afinal, o que é um pallet ou palete? Para que serve? A palavra pallet é de origem inglesa, e em português se ...
vantagens telhados verdes

Vantagens e desvantagens de um telhado verde. Veja exemplos.

Telhado verde, terraço jardim, cobertura vegetal, ecotelhado, telhado ecológico, são vários nomes para esse sistema ...