Planetário do RJ recebe etiqueta A do Procel - SustentArqui

Rio de Janeiro 11/04/2016 | 16:46 - Por: Redação Sustentarqui

Planetário do RJ recebe etiqueta A do Procel

Planetário do RJ recebe etiqueta A do Procel

A Fundação Planetário é o primeiro órgão da Prefeitura do Rio de Janeiro a conquistar a etiqueta A do Procel.

Além de promover a Astronomia e Ciências Afins, a instituição também se preocupa em tornar o seu espaço em um ambiente sustentável, seguindo as diretrizes e dimensões presentes em seu Plano Estratégico 2013-2022. Por meio de parceria firmada em 2012 com a Light, a Fundação Planetário vem desenvolvendo projetos que visam atingir maior nível de eficiência energética.

E as ações vêm rendendo frutos. Com apoio da agência GIZ (Cooperação Alemã para o Desenvolvimento Sustentável) e por meio da parceria com a Light no âmbito do Programa de Eficiência Energética (PEE) da ANEEL, a Fundação Planetário conquistou a Etiqueta Classe A em eficiência energética para edificações públicas, no âmbito do Programa Brasileiro de Etiquetagem de Edificações (PBE Edifica), coordenado pelo Inmetro e pela Eletrobras, pelos projetos de melhorias na envoltória e no sistema de iluminação da Unidade Gávea.

Relacionado:Etiqueta de eficiência energética será requisito obrigatório para edifícios públicos federais 

O Rio de Janeiro faz parte das cidades líderes no compromisso ambiental, C40 – rede de metrópoles comprometidas com o combate às mudanças climáticas. E a Fundação é o primeiro órgão da Prefeitura do Rio a obter a etiqueta.

 

“A instituição, através dos seus projetos de caráter sustentável, sela seu compromisso com o Plano Estratégico 2017-2020 da Prefeitura do Rio, que visa, dentre outros temas, uma cidade verde, sustentável e resiliente”, conta Tanize Richa, Presidente da Fundação Planetário.

Planetário do RJ recebe etiqueta A do Procel

Projetos contemplados na Etiqueta A do Procel

O projeto do sistema de iluminação consiste em substituir todas as 1.457 lâmpadas do prédio por lâmpadas LED, que consomem menos energia e oferecem maior durabilidade. A medida acarretará a redução de 35.429W de potência instalada.

Já a reforma da envoltória prevê, entre outras medidas, a sobre o acesso ao Museu do Universo. Serão instalados 180 painéis compostos por células fotovoltaicas entre placas de vidro, que captarão a energia solar, transformando-a em energia elétrica para uso do prédio, além de atenuarem o ingresso de radiação solar no interior do prédio, diminuindo a demanda de ar condicionado. A transparência dos painéis assegurará o ingresso de luz natural e manterá a comunicação visual do visitante com o exterior.

Relacionado: Selo Procel Edificações: Certificado de Eficiência Energética em Edificações 

A energia elétrica a ser gerada pelo sistema fotovoltaico, estimada em 37.014 kWh/ano, será equivalente ao consumo anual da Nave-Escola, uma das atrações do Museu. A demonstração do balanço entre a geração de energia elétrica fotovoltaica e o consumo energético de um setor específico do Museu será um dos recursos didáticos a serem explorados na Exposição “Sala do Sol”, a ser instalada futuramente no último andar do Museu. O objetivo será difundir a ideia do consumo consciente de energia para um público de 200 mil visitantes por ano, principalmente, crianças e jovens de escolas que visitam a instituição diariamente. Durante a visita, será possível conhecer um pouco mais sobre o funcionamento da tecnologia.

O objetivo é que até 2017 todas as fases do projeto sejam concluídas.

 

Fonte e imagens: Planetário do Rio de Janeiro

, , ,

Comments

ecotone triptyque

ECOTONE: projeto da Triptyque é premiado em competição internacional de planejamento urbano

ECOTONE é o mais novo projeto da Triptyque Architecture, com parceria com a Duncan Lewis-Scape Architecture; OXO; ...
designer holandês garrafas de vidro

Designer holandês transforma simples garrafas de vidro em vasos incríveis

O designer holandês Klaas Kuiken encontrou uma maneira bem original de transformar simples garrafas de vidro em ...
iptu amarelo SALVADOR

IPTU Amarelo: Salvador dará desconto à casas com energia solar

Após o IPTU Verde, prefeitura de Salvador lança o programa IPTU Amarelo, que concede desconto de 10% no valor pago ...

Produtos Sustentáveis mais procurados

Tanque Coletor de Água de Chuva ( Cisterna Aparente )

Tanques para captação de água de chuva.

Ecofossa- sistema ecológico de tratamento de esgoto

Ecofossa é um sistema ecológico de tratamento de esgoto que maximiza ações de bactérias e não utiliza energia ...

Notícias mais acessadas

dicas para reaproveitar pallets

Dez dicas para reutilizar paletes de madeira

Afinal, o que é um pallet ou palete? Para que serve? A palavra pallet é de origem inglesa, e em português se ...
vantagens telhados verdes

Vantagens e desvantagens de um telhado verde. Veja exemplos.

Telhado verde, terraço jardim, cobertura vegetal, ecotelhado, telhado ecológico, são vários nomes para esse sistema ...