Sacos de cimentos descartados transformados em mobiliário ecológico

Rio de Janeiro 26/11/2015 | 10:09 - Por: Cristiane Nunes

Sacos de cimentos descartados transformados em mobiliário ecológico

Sacos de cimentos descartados transformados em mobiliário ecológico

Criado pelo artista plástico e moveleiro Alexandre Toscano, o Ecomármore utiliza uma técnica inovadora que alia design e sustentabilidade na sua produção, utilizando sacos de cimentos descartados.

Sacos de cimentos descartados transformados em mobiliário ecológico

Papel de saco de cimento e outros materiais utilizados

 

Há quatro anos, o artista iniciou suas pesquisas triturando e testando diversas misturas. Depois de alguns testes, Alexandre conseguiu a fórmula ideal de seu material inovador, super resistente e denso, que possui um aspecto diferenciado com aparência mesclada e bom acabamento. O artista então batizou seu produto sustentável, de Ecomármore.

A matéria principal da mistura vem de um produto descartado, o papel de saco de cimento; que está classificado como Kraft, feito de uma mistura de fibras de celulose, provenientes de polpas de madeiras macias, para compor sua característica de bom desempenho; mas o pó de cimento se impregna de tal forma nas fibras do papel, que torna o material impróprio para reciclagem.

Sacos de cimentos descartados

Alexandre Toscano em uma de suas produções caseiras

 

Em sua preparação é usado um grande percentual de sacos de cimento, e adicionados outros materiais e resíduos, tanto para a massa, como para o acabamento artístico das peças.

O produto pode ser utilizado para fazer tampos de mesas e bancos, prateleiras e outros objetos moveleiros. As estruturas de ferro ou madeira de reflorestamento que Alexandre utiliza em suas peças, são feitas de forma terceirizada por pequenos produtores locais.

Sacos de cimentos descartados transformados em mobiliário ecológico

Alguns dos móveis e escultura produzidos pelo artista

 

A produção dos móveis que começou no quintal de sua própria casa, ganhou endereço novo, depois que o artista recebeu o apoio da Faperj para pesquisa e aquisição de mais ferramentas. O Espaço Vem da Serra, inaugurado recentemente, fica na Rod. Teresópolis-Friburgo, km 7,5. No mesmo endereço vão funcionar a oficina, o espaço de pesquisas e a loja.

Além do apoio atual da Faperj, Alexandre vem fazendo parcerias com o Senai Design desde 2013 e já expôs em várias mostras de movelaria e design, incluindo a exposição Rio + Design, na primeira semana de novembro deste ano no Jockey Clube do Rio de Janeiro.

 

Imagens: Divulgação/Vem da Serra

 

 

, , , ,

Comments

Imprima sua cidade! – projeto combina impressão em 3D com reciclagem

O estúdio de design holandês, The New Raw, pretende  transformar o desperdício de plástico doméstico em mobiliário ...
designer holandês garrafas de vidro

Designer holandês transforma simples garrafas de vidro em vasos incríveis

O designer holandês Klaas Kuiken encontrou uma maneira bem original de transformar simples garrafas de vidro em ...
Móveis com materiais reciclados

Startup fabrica móveis com materiais reciclados

Startup liderada por Jamie Hall e Johann Boedecker fabrica móveis com materiais reciclados. A empresa trabalha no ...

Produtos Sustentáveis mais procurados

Tanque Coletor de Água de Chuva ( Cisterna Aparente )

Tanques para captação de água de chuva.

Ecofossa- sistema ecológico de tratamento de esgoto

Ecofossa é um sistema ecológico de tratamento de esgoto que maximiza ações de bactérias e não utiliza energia ...

Notícias mais acessadas

dicas para reaproveitar pallets

Dez dicas para reutilizar paletes de madeira

Afinal, o que é um pallet ou palete? Para que serve? A palavra pallet é de origem inglesa, e em português se ...
vantagens telhados verdes

Vantagens e desvantagens de um telhado verde. Veja exemplos.

Telhado verde, terraço jardim, cobertura vegetal, ecotelhado, telhado ecológico, são vários nomes para esse sistema ...