Bê-á-bá do Parklet - Saiba tudo sobre este espaço público

Rio de Janeiro 12/09/2016 | 20:48 - Por: Cristiane Nunes

Bê-á-bá do Parklet

parklet

Imagem: Arquivo SustentArqui

O Parklet é uma extensão da calçada que ocupa o lugar de duas vagas de automóveis, tornando um espaço público de lazer, onde as pessoas possam conviver e se descontrair.

Onde surgiu o Parklet?

Esse conceito surgiu em São Francisco, nos Estados Unidos, em 2005, para representar a conversão de um espaço de estacionamento de automóveis em um parque, com o propósito do lazer das pessoas. Depois de São Francisco os parklets foram utilizados em diversas cidades norte-americanas, e logo após em outros países.

Objetivo:

Aumentar o espaço de convivência das pessoas, tornando ruas e bairros mais humanos, ativando o comércio local e restringindo o espaço dos automóveis na cidade.

Parklet

Parada Carioca no Rio de Janeiro. Imagem: Tarso Ghelli

Quem pode implantar um Parklet?

Qualquer pessoa pode tomar a iniciativa da instalação desse tipo de projeto, desde que tenha permissão pelos órgãos competentes do município, e arque com os custos de implantação e manutenção. Em sua grande maioria a iniciativa privada, arca com a manutenção, ganhando assim uma vitrine alternativa para divulgar a sua marca.

Qual o custo de um Parklet?

O custo depende do local a ser implantado e do material utilizado, podendo variar de R$ 25 mil a R$ 80 mil.

Parklet

Parklet BH. Imagem: Vander Bras

 

Parklet no Brasil:

No Brasil, o primeiro Parklet foi implantado em São Paulo pelo ativista Lincoln Paiva. Em 2013 Paiva, juntamente com o Instituto que ele dirige, o Mobilidade Verde, colocou em prática alguns projetos inspirados dos parklets dos Estados Unidos, como a “Bicicloteca” e as “Vagas-vivas“. No ano seguinte a prefeitura paulistana regulamentou um decreto específico, o de nº 55.045, de 2014.

“É importante entender que um parklet é um espaço público aberto para todas as pessoas. Isso significa que ao fazer um parklet você estará contribuindo com uma cidade melhor e cooperando por uma cidade aberta ao convívio. É proibido vender ou fazer qualquer tipo de propaganda dentro de um parklet.” Lincoln Paiva.

Em outras cidades brasileiras o Parklet também tem seus “nomes próprios”, no Rio de Janeiro – RJ, foi implantado como Paradas Cariocas; em Belo Horizone – MG, assim como em Sorocaba – SP, são chamados de Varandas Urbanas; já em Londrina –PR, o Parklet é chamado de Mini Praça; em Recife – PE o prefeito reforçou o conceito do município de “Cidade das Pessoas”, regulamentando a extensão temporária do passeio público.

Parklet

Parklet em Sorocaba. Imagem: Alexandre Lombardi

Relacionado: Lift – mobiliário urbano ecológico 

,

Comments

edifícios sustentáveis são preferência

Edifícios sustentáveis já são a preferência em vendas e locações

Edifícios sustentáveis já são a preferência das empresas que compram e alugam lajes em edifícios corporativos. As ...
tse usina solar

TSE tem usina solar fotovoltaica na sua cobertura

Foi inaugurada recentemente uma usina solar fotovoltaica na cobertura do edifício do Tribunal Superior Eleitoral ...
uso do amianto está proibido

Uso do amianto está proibido em todo Brasil

O STF (Supremo Tribunal Federal) decidiu ontem, dia 29/11/2017, proibir definitivamente o uso do amianto do tipo ...

Produtos Sustentáveis mais procurados

Tanque Coletor de Água de Chuva ( Cisterna Aparente )

Tanques para captação de água de chuva.

Ecofossa- sistema ecológico de tratamento de esgoto

Ecofossa é um sistema ecológico de tratamento de esgoto que maximiza ações de bactérias e não utiliza energia ...

Notícias mais acessadas

dicas para reaproveitar pallets

Dez dicas para reutilizar paletes de madeira

Afinal, o que é um pallet ou palete? Para que serve? A palavra pallet é de origem inglesa, e em português se ...
vantagens telhados verdes

Vantagens e desvantagens de um telhado verde. Veja exemplos.

Telhado verde, terraço jardim, cobertura vegetal, ecotelhado, telhado ecológico, são vários nomes para esse sistema ...